Pesquisar este blog

Carregando...

4 de mai de 2009

Como distinguir a verdadeira Pirambóia:


Lepidosiren paradoxa


Esta é a verdadeira pirambóia!

A pirambóia é um peixe pulmonado da família Lepidosirenidae, originário da América do Sul com seu tamanho máximo em torno de 125cm.

Repare na figura abaixo que a pirambóia possui nadadeiras que parecem "perninhas" nas laterais tanto na parte dianteira como na traseira, seu corpo é grosso e uniforme:



Synbranchus marmoratus


Muitas vezes chamado de pirambóia, é na verdade o famoso Mussum, que é uma enguia da família Sinbranchidae, originário da América do Sul e Central com um tamanho máximo em torno de 150cm.

Repare na figura abaixo que o Mussum possui um corpo fino, sem nadadeiras laterais e possui uma cabeça saliente com um papo que infla conforme ele respira:



Gymnotus carapo


Algumas vezes chamado de Pirambóia, é na verdade um peixe guiado por impulsos elétricos da Família Gymnotidae, originário da América do Sul e Central com seu tamanho máximo em torno de 60cm.

Repare na figura abaixo que o tuvira possui um corpo com formato de faca e possui nadadeiras laterais apenas na parte dianteira de seu corpo e uma nadadeira inferior que percorre toda a extensão na de seu corpo:

Um comentário:

  1. Antigamente se via muito na grande São Paulo, em lagoas existentes na Vila Paulicéia, em São Bernardo do Campo, uma "enguia" que pegávamos com peneiras. Elas tinham nadadeiras laterais frontais. Agora só tenho visto os "mussuns", que também chamamos de piramboias, e que realmente tem o corpo fino. Pesca-se muito na Represa Billings e em corregos ainda não poluídos nas áreas rurais distantes. Como alimento possui um excelente sabor.

    ResponderExcluir